O que fazer em Cusco e Arredores? Confira 10 passeios imperdíveis!

Principal ponto de partida para Machu Picchu, Cusco recebe milhares de turistas por ano. A cidade tem muito a oferecer aos seus visitantes. Veja quais passeios e atividades não podem faltar em sua viagem!


Cusco e Machu Picchu

Vai passar alguns dias em Cusco e na Cidade Perdida dos Incas? Saiba o que fazer em Cusco e arredores e comece a planejar a sua viagem agora!

1) Passear pela Plaza de Armas e ruelas da Cidade

Temos muito o que fazer em Cusco! Uma das paradas obrigatórias é a Plaza de Armas. A Plaza de Armas é o local mais movimentado de Cusco, por lá passam centenas de pessoas dia e noite. Parte dessas pessoas apenas observa o vai e vêm dos turistas, outra tenta imaginar a antiga e principal Praça do Império Inca completamente rodeada por palácios.

Depois da invasão espanhola, os palácios foram substituídos pela Basílica Catedral de Cusco e pela Igreja da Companhia de Jesus. Além dessas construções, atualmente a Plaza de Armas está cercada por restaurantes tradicionais, agências de turismo, lojas, boates, casas de câmbio e, acreditem… Tem até Mc Donald’s, KFC e Starbucks!

Toda essa mistura torna a Plaza de Armas um lugar bastante característico e muito atraente. Caminhar por lá e pelas ruelas da cidade é um passeio muito agradável e indispensável para quem vai à Cusco.

Localizada na Plaza de Armas, a Basílica Catedral de Cusco é um dos principais pontos turísticos de Cusco. A Catedral reúne estilo gótico, renascentista maneirista e barroco.

2) Fazer o passeio do City Tour em Cusco

Não se assustem com o nome, o City Tour em Cusco não tem nada a ver com os habituais passeios em que ficamos enfurnados em um ônibus olhando a cidade de longe.

Qorikancha ou Templo do Sol é um dos locais visitados durante o City Tour de Cusco. A mistura de estilos da arquitetura local é bastante peculiar.

Pelo contrário, no City Tour de Cusco, os ônibus servem apenas como meio de locomoção. Descemos e passamos vários minutos em cada sítio arqueológico ouvindo as explicações do nosso guia e tendo contato direto com os lugares.

O passeio visita cinco pontos turísticos: Qorikancha (Templo do Sol), Saqsayhuaman, Pukapukara, Qenqo e Tambomachay. Querem saber mais sobre o City Tour de Cusco? Cliquem aqui!

Sacsayhuaman
A fortaleza de Sacsayhuaman também é um ponto de visita durante o City Tour de Cusco.

3) Caminhar pelo Mercado de San Pedro

A visita ao Mercado de San Pedro é obrigatória! O mercado é bastante peculiar, o local é uma mistura de artesanato, verdurão, açougue, floricultura, condimentos e por aí vai…

Falando assim parece que o mercado é uma completa bagunça, mas não é bem assim. As mercadorias são separadas por setores e passeando por eles observamos não só os produtos à venda, mas também o dia a dia e os costumes cusquenhos.

Mercado de San Pedro Cusco
Mercado de San Pedro – Setor das frutas e castanhas (inkajungletour.com).

4) Visitar o Valle Sagrado dos Incas

Em minha opinião, depois das ruínas de Machu Picchu, o Valle Sagrado dos Incas é o local mais impressionante de Cusco e seus arredores.

Com ótimas condições geográficas e climáticas, o Valle Sagrado foi um dos principais pontos de produção agrícola do Império Inca. A maioria de suas ruínas tem terraços agrícolas direcionados ao cultivo de grãos e tubérculos.

Moray
Os incríííveis terraços agrícolas de Moray. Moray é um dos seis locais visitados durante o tour do Valle Sagrado dos Incas. Confiram!

A rota clássica do tour visita seis locais: Pisac, Chinchero, Moray, Salineira de Maras, Ollantaytambo e Urubamba. O tour do Valle Sagrado é imperdível, façam questão de incluí-lo no roteiro!



5) Passear a cavalo pelos arredores de Cusco

Andar a cavalo em terras peruanas foi uma das coisas mais legais que fiz em toda a viagem! Esse tour é para todos, não somente para os amantes de cavalos.

Fiz o meu passeio com o pessoal da Horseback Riding Cusco e amei! Eles oferecem diversos tours, desde passeios com dias de duração a passeios de algumas horas. Acabei escolhendo o tour mais recomendado pela empresa, o The Devil’s Balcony.

Ao todo o passeio tem 4 horas de duração. Gostei tanto que, se tivesse mais tempo dinheiro teria feito o passeio de 4 dias de duração destino a Machu Picchu. Conto aqui os detalhes do passeio a cavalo.

Capricho descansando e se fartando enquanto conhecíamos o The Devil’s Balcony. O tour a cavalo é bem diferente dos outros passeios oferecidos em Cusco. Vale muito a pena!

6) Visitar Machu Picchu

Nem precisava colocar esse tópico aqui, não é mesmo? Machu Picchu é a grande atração dos arredores de Cusco. Não conheço e nunca ouvi falar de alguém que foi até lá e não visitou a cidade perdida dos Incas.

Machu Picchu é deslumbrante! Desde o momento em que entramos no ônibus até a hora em que o passeio termina somos surpreendidos com belíssimas paisagens, impressionantes construções, incríveis histórias… Enfim, o passeio é algo que todos devem fazer uma vez na vida. A experiência é incrível!

Os terraços de Machu Picchu e o rosto do Inca ao fundo. Quanto mais alto, melhor a vista. Força nessas pernas!

7) Subir a Montanha Huayna Picchu

Com certeza esse foi o ponto alto de toda a viagem, literalmente! A trilha da montanha Huayna Picchu é puxada e desgastante, mas tudo isso é esquecido quando chegamos ao topo. O visual e o sentimento de conquista são inexplicáveis!

Em qualquer direção tem algo capturando o olhar: a imensidão verde da vegetação, os gigantes arranha-céus naturais, o rio cortando as montanhas e, por fim, Machu Picchu, uma das 7 maravilhas do mundo moderno!

Huayna Picchu
No pico mais alto da montanha Huayna Picchu.  O visual lá de cima é inexplicável! “Quanto mais alto, melhor a vista”, lembram? The sky is the limit, fí!

Subi a montanha Huayna Picchu e, sem pensar duas vezes, subiria novamente! E vocês, vão ou não vão subir o nariz do Inca? Querem saber mais sobre a trilha? Descrevo aqui como foi me aventurar subindo a Montanha Huayna Picchu.

8) Comprar artesanato local no Centro Artesanal de Cusco

Por ficar um pouquinho distante do aglomerado turístico, o Centro Artesanal de Cusco tem produtos com valores inferiores aos encontrados no centro da cidade, no Mercado de San Pedro e no Mercado de Pisac.

São várias as lojinhas vendendo tecidos e agasalhos peruanos, pinturas em papel, joias, artesanato, pedras energéticas, bolsas, mochilas, lhamas de todos os tamanhos, espelhos em madeira, etc. As opções são infinitas, basta escolher!

Artesanato Cusco
As lhamas dominam o mercado!

9) Provar a Comida Tradicional Peruana e o Pisco Sour

Quem aí é bom de garfo e ama experimentar comidinhas novas? Eu! A culinária peruana é muito, muito gostosa. Com restaurantes ótimos e para todos os bolsos, fica difícil escolher onde comer em Cusco.

Aproveitem a viagem para provar as delícias peruanas: lomo saltado, causa peruana, ají de galinha, carne de alpaca, trucha frita, seco de rés, ceviche e várias outras comidas que dão água na boca.

Os apreciadores dos bons drinks terão um mundaréu de piscos para degustar. Tem o tradicional pisco sour e várias opções de sabores, o de maracujá é um must! Ah, não se esqueçam de provar o refrigerante local, o Inka Kola. O danado é viciante!




10) Viajar de Trem de para Aguas Calientes

Viajar de trem de Ollantaytambo para Aguas Calientes foi um dos momentos mais bonitos da viagem, a paisagem é encantadora!

Os trens têm janelas panorâmicas e percorrem o trajeto bem devagarinho, tornando possível a completa admiração do cenário. A viagem dura em torno de 2 horas e tem até serviço de bordo!

Trem Aguas Calientes
Os paredões verdes nos acompanham praticamente a viagem toda. O caminho é lindíssimo!

Está planejando sua viagem ao Peru?
Confira o meu Roteiro de 7 dias em Cusco e Machu Picchu:

Dia 01 –Aclimatação na Plaza de Armas + Câmbio de Dinheiro e Compra do Boleto Turístico de Cusco

Dia 02 – Tour a cavalo com a Horseback Riding Cusco + Tarde em Cusco

Dia 03 – Conhecendo o Mercado de San Pedro e outros Centros Artesanais

Dia 04 – Passeio à Pisac (Valle Sagrado dos Incas) na parte da manhã + City Tour de Cusco à tarde

Dia 05 – Manhã e tarde visitando o Valle Sagrado dos Incas + Viagem de trem para Águas Calientes

Dia 06 – Subindo a Montanha Huayna Picchu + Visita às ruínas de Machu Picchu + Noite em Cusco

Dia 07 – Dia livre em Cusco




  • City Tour em Cusco

4 pensamentos em “O que fazer em Cusco e Arredores? Confira 10 passeios imperdíveis!”

  1. Olaa! Adorei seus relatos sobre a viagem de Cusco e até agora é o mais atual que já li, me ajudou bastante. Estou indo pra lá semana que vem e tenho duas perguntas, se vc puder me ajudar, claro: Quanto morre$$$ um taxi do aeroporto até plaza das armas? É tabelado mesmo?
    E o role para machu pichu que vc fez, reservou ou procurou por lá quando chegou? Quando procurei na internet achei valores entre 300 e 250 dolares. Mas to querendo chorar um cadinho pq sou murrinha! O q vc viu por la?

    Desde ja muito obrigada! E parabens pelo blog

    1. Oi, Valéria! Obrigada pela mensagem! Os táxis em Cusco não tem taxímetro e os valores são sempre combinados anteriormente. Pechinche bastante! A corrida do aeroporto até o centro da cidade (Plaza de Armas) pode variar entre 10 a 25 soles (ou mais), vai depender da sua lábia! Geralmente o sentido aeroporto>centro é um pouco mais caro do que centro>aeroporto.
      Quando fui à Cusco deixei agendado um táxi aeroporto>centro que aceitava dólares pois não queria trocar dinheiro no câmbio ruim do aeroporto. Paguei U$5 pela corrida (Llama Taxis – WhatsApp +51 999 245 000). Na volta, centro>aeroporto, gastei 10 soles.

      Comprei com antecedência o ingresso de Machu Picchu + Huayna Picchu. Como expliquei nesse post, os ingressos para subir a Huayna Picchu são super limitados e esgotam rapidão. Você pode acessar a disponibilidade e valores no site oficial peruano: http://www.machupicchu.gob.pe/
      Pelo site oficial os valores são mais atraentes pois não tem agência intermediando o processo. Acredito que o ingresso para MP e/ou HP fique mais caro lá na hora. Mas, todas as outras atrações eu fechei lá mesmo: Valle Sagrado e City Tour.
      Espero ter te ajudado! Nesse post aqui tem várias dicas legais para quem vai à Cusco. Se você tiver mais alguma dúvida é só falar!
      Boa viagem e aproveite muito Cusco!

  2. Que blog maravilhoso Marcelinha! Muito bem escrito e fotos fantásticas. Parabéns pelo excelente trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *