Myanmar de Ônibus – A forma mais prática e econômica de conhecer a Birmânia

O deslocamento entre cidades ou países é uma das partes mais dispendiosa de toda viagem. Saiba como conhecer a terra dourada da Birmânia gastando pouco!


Com o território um pouco maior do que as regiões de Minas Gerais e Santa Catarina juntas, Myanmar não é um país com dimensões muito grandes.

Por isso, para os viajantes econômicos, a melhor forma de conhecer as várias cidades do país é viajar de ônibus.

Comparado ao Brasil, Myanmar (mostarda) é relativamente pequeno. Porém, é o maior país do Sudeste Asiático continental, perdendo apenas para a Indonésia (verde), o maior arquipélago do mundo (wikitravel.org).

Por causa de um restrito regime militar, Myanmar se manteve “fechado para o mundo” por muitos anos. Com a recente dissolução do regime, o fluxo de turistas começou a aumentar e, com isso, os valores dos serviços também subiram.

Viajar pela Birmânia pode ser dispendioso, especialmente se o transporte entre as principais cidades turísticas for feito por via aérea. As passagens domésticas não são baratas, o que pode encarecer bastante a sua viagem.



Além disso, as companhias aéreas de Myanmar são bem simples e oldschool. Para evitar problemas financeiros, muitas fazem mudanças de última hora e sem aviso prévio.

Na intenção de vender mais passagens, as cias aguardam o máximo possível para decolar; cancelam voos ou reagrupam passageiros para outro voo (com escalas) quando o número de passagens vendidas não for suficiente.

E agora? Meu orçamento tá apertado, mas mesmo assim quero incluir Myanmar e suas maravilhosas cidades em meu Roteiro do Sudeste Asiático. O que fazer?  

A forma mais acessível, confortável e prática de viajar entre as cidades birmanesas é utilizar o transporte terrestre – vulgo buzão, bus, baú, zebrado… O bom e velho ônibus!

São diversas as companhias de ônibus que realizam trajetos noturnos e diurnos para a capital e principais cidades do país. A Joyous Journey Express (JJ Express) se destaca por ser bastante organizada, confiável e acostumada a lidar com estrangeiros.

ônibus jj express
A maioria dos ônibus da JJ Express é amarelinha. Antes do embarque, os ônibus ficam enfileirados em frente ou perto do balcão da companhia.

Escolhi fazer todo o meu deslocamento no país utilizando os serviços da JJ Express. Durante os 10 dias de viagem por Myanmar, passei por 4 cidades birmanesas: Yangon, Mandalay, Inle Lake e Bagan. Tudo aconteceu dentro do previsto e não tive nenhum problema.

O trajeto das 4 cidades visitadas: Yangon (ou Rangun em português) > Mandalay > Inle Lake > Bagan > Yangon. Tentei melhorar a logística da rota, mas a disponibilidade dos horários dos ônibus não permitiu (Google Maps).

Como realizar a reserva?

Durante a alta temporada (novembro – fevereiro) o fluxo de turistas é alto e corre o risco das passagens das boas cias esgotarem (o mesmo acontece com hospedagens). Por isso é interessante reservar com antecedência.

Um mês antes de viajar, reservei os acentos de todos os trechos diretamente com a JJ Express. O contato foi feito pelo e-mail da companhia: joyousjourney.express@gmail.com.

A equipe da JJ é super prestativa e esclarece qualquer dúvida em relação a itinerários, horários, valores, etc.

No momento da reserva não foi necessário realizar nenhum pagamento, apenas informar dados de identificação pessoal. O pagamento do bilhete era feito em dinheiro (dólar ou kyat) no balcão da companhia momentos antes do embarque. Bastava apresentar o e-mail com os dados da reserva e pronto!

Mandalay estação de ônibus
Em Myanmar, as estações de ônibus são bem diferentes. São várias lojas emparelhadas, cada uma representando uma cia de ônibus. Esse era o balcão da JJ Express de Mandalay.

Escolhi fazer todas as viagens durante a noite. Desse jeito economizei algumas diárias com hospedagem e não perdi horas do meu dia dentro do ônibus. O único inconveniente do ônibus noturno é que às vezes não se dorme muito bem e no dia seguinte a gente fica meio quebrado…

Viajar de Business Class ou First Class?

A JJ Epress tem dois tipos de overnight bus: Business Class e First Class. Em minha viagem fiz uso dos dois tipos de ônibus e, pra falar a verdade, não notei muita diferença entre eles.

– Business Class: as poltronas semi leito são em fileiras estilo 2+2, ar-condicionado e manta. Passagem mais barata;
– First Class: as poltronas semi leito são em fileiras estilo 2+1, ar-condicionado, manta e serviço de bordo (comida leve e bebida). Passagem mais cara.

*Ambos fazem paradas em restaurantes de beira de estrada. Então não faz muita diferença ter comida a bordo. E, dependendo do horário do ônibus, dá tempo de jantar antes de embarcar.
**Nenhum dos ônibus é equipado com banheiro. Aproveitem as paradas para se aliviar e peguem leve nos líquidos e nas comidas “piririgosas”.
***Faz frio dentro do ônibus! Sou super calorenta e amo um ar-condicionado, mas passei frio em alguns ônibus. Levem casaco e meia.
****Alguns ônibus tem tomada e entrada USB para carregar eletrônicos.

JJ Express comida
Lanchinho servido a bordo dos ônibus da JJ Express – simples porém suficiente.
Restaurante de beira de estrada é igual em qualquer país – Alguns pratos são bem simples e gostosos (foto) e outros não tem a cara muito atraente. Eu nem sou enjoada com comida, mas em uma das paradas não me arrisquei, tudo tinha cara de “piriri” hard! Pros enjoados: preparem um lanchinho para levar a bordo.

Itinerário Myanmar – 4 Cidades

Viajei de avião de Bangkok (Tailândia) para Yangon (Myanmar). A partir de Yangon, a maior cidade birmanesa, comecei a viajar de ônibus para as outras cidades.

Yangon > Mandalay – Horário de partida 21h / Horário aproximado de chegada 6h (Business Class U$12).

Mandalay > Inle Lake – Horário de partida 22h / Horário aproximado de chegada 5h (Business Class U$12).

Inle Lake > Bagan – Horário de partida 20h / Horário aproximado de chegada 5h (First Class U$15,00).

Bagan > Yangon – Horário de partida 20h / Horário aproximado de chegada 6h (First Class U$19,00).

Dica Esperta: Em Yangon a JJ Express oferece transfer gratuito da rodoviária para o aeroporto. Caso precise do serviço, basta informar ao atendente.

No final da viagem tive que retornar para Yangon por causa da logística dos voos da AirAsia AseanPass – o super econômico programa de créditos da AirAsia.

Mas, se a sua viagem não estiver engessada como a minha, escolha chegar e partir de diferentes cidades. Dessa forma não se perde tempo indo e voltando para o mesmo ponto de origem

itinerário horários jj express
Recebi essa tabela informativa via e-mail. Nela é possível conferir todas as origens e destinos, horários, preços e tipo de ônibus. OBS: 0 horário de chegada de Inle Lake > Bagan está errado. O real horário aproximado de chegada é às 6h, como havia dito ali em cima (JJ Express).




Roteiro Myanmar: 10 dias descobrindo as belezas da Birmânia, a Golden Land do Sudeste Asiático
O que você precisa saber antes de viajar para a Birmânia: 18 Curiosidades e Dicas sobre Mianmar
Myanmar: Conhecendo a maior cidade Birmanesa – O que fazer em Yangon?
Myanmar: Explorando a última capital Real da Birmânia – O que fazer em Mandalay?

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *